Equipa de juvenis do Fazendense em grande

A equipa de juvenis do Fazendense está a fazer uma temporada em grande com 16 jogos e apenas uma derrota e três empates. Na primeira fase, a formação dirigida por Vítor Galvão só perdeu por uma ocasião, tendo o melhor ataque com 61 golos marcados e apenas sete sofridos.

Com três jogos da segunda fase, o Fazendense tem duas vitórias e um empate: contra o Vasco da Gama por 3-0, quando o Vasco da Gama nunca tinha perdido, em Rio Maior por 2-1 e um empate frente ao CADE por 3-3.

Em declarações a O Almeirinense, o treinador do Fazendense diz que “a época está a ser muito positiva, depois de termos formado uma equipa toda nova, estarmos a lutar pela subida já é muito bom”. Vitor Galvão acrescenta que “o grupo tem feito um trabalho extraordinário e até a superar as expectativas”.

Na atual equipa do Fazendense, quatro atletas jogavam futsal, quatro transitaram do U. Almeirim, um do Soccer e os restantes já integravam o clube.

Na entrevista ao Jornal O Almeirinense, Vítor Galvão destaca o empenho dos jovens jogadores do Fazendense, sendo isso que explica o sucesso que tem sido atingido: “Esta equipa trabalha muito, é muito humilde e muito unida. Eu acho que a união no balneário é essencial porque um balneário forte é meio caminho andado para o sucesso”.

Com uma prestação tão positiva, o Fazendense tem dois grandes objetivos até final da temporada: Subir à 1.ª Divisão e ser Campeão da segunda. “Podemos pensar em ser campeões e subir de divisão. Era a cereja no topo do bolo”, assume o técnico.

O orgulho do treinador é tanto que Galvão não se inibe de antever o futuro, e muito risonho, para os seus jovens jogadores. “Bem sei que há nos 17 e 18 anos vários fatores que podem influenciar o futuro dos jogadores, mas acredito que alguns destes jogadores podem chegar à equipa principal do Fazendense ou mesmo a outros patamares”.

A equipa técnica que pode fazer história pelo Fazendense integra ainda Toni e Lúcio Matos.

.