André Mesquita não se recandidata à presidência do U. Almeirim mas equaciona integrar lista (c/vídeo)

André Mesquita, atual presidente do União Futebol Clube de Almeirim, anunciou esta quarta-feira, 21 de março, que não se recandidata à presidência do clube.

O Almeirinense apurou que o atual presidente não concorre à presidência do clube mas pode integrar uma lista que se candidate às próximas eleições que se realizam na segunda-feira, 26 de março.

 

Veja aqui o comunicado do atual presidente da União.:

Não me irei recandidatar ao União Futebol Clube de Almeirim:

Esta é uma das mais tristes mensagens que escrevi até hoje, mas tenho que a fazer, por mim, pela minha família, pelas minhas empresas, pelos meus verdadeiros amigos e acima de tudo pelo clube.

Infelizmente vivemos num mundo, onde o mais importante sou sempre o EU, o poder e os interesses, onde os OUTROS ficam sempre para segundo, terceiro ou último lugar, estou cansado e quem me conhece bem, sabe que eu não sei viver assim…

Quando decidi abraçar, assumir esta responsabilidade, decidi tendo por base um projecto a que demos o nome de VIVER UFCA.

Este projecto tinha como objectivos principais, ter todos os escalões a praticar futebol no clube, resolver e estabilizar financeiramente o clube e por fim, tornar novamente o União de Almeirim um clube e uma instituição respeitada em todo o distrito de Santarém.

Foi para isso que eu trabalhei e muito com um conjunto alargado de pessoas fantásticas que fui tendo ao meu lado…

Saio com a consciência perfeitamente e totalmente tranquila que fiz o melhor e tudo quanto pude e quanto consegui.

Sinto que me falta realizar apenas duas ou três coisas e não gostava de sair sem primeiro as fazer, naturalmente com o consentimento de quem vier a seguir a mim…

Quero pedir também desculpa por algumas tomadas de decisão menos acertadas que possa ter tomado ou atitudes menos corretas, mas acreditem que sempre o fiz pensando que estava a fazer no que eu acreditava ser o melhor para o clube, sim porque posso ter errado em muita coisa, mas o clube para mim, sempre esteve em primeiro lugar, acima de tudo e de todos, até de mim próprio.

Por último quero agradecer do fundo do coração a todos os quantos me acompanharam nesta desafiante e estimulante caminhada, sendo certo que todos nós temos perfeita consciência do trabalho que fizemos e da história que escrevemos.

Peço desculpa por não enumerar nomes, porque foram muitos, Jogadores, Treinadores, Coordenadores, Diretores, Pais, Mães, Tios, Avós e Avôs, Amigos, Empresas e Organizações a todos, mas a todos mesmo o meu muito obrigado do tamanho do mundo, se não fossem vós eu não teria sido tão feliz nestes últimos 5 anos da minha vida…

Por fim um conselho: só para aqueles que realmente dizem que gostam e sentem este clube, aproximem-se, ajudem e defendam esta enorme instituição que tanto fez por tantos e que tantos as costas lhe voltaram. Se existe coisa que nós não podemos nem devemos ser na vida é mal agradecidos, e tenho a certeza que o clube nunca magoou ou fez mal a ninguém, se isso por acaso aconteceu foram as pessoas que o fizeram e todos sabemos que as pessoas passam e o clube fica e isso sim , é o mais importante: o clube, o União Futebol Clube de Almeirim!

Por último uma palavra para o mais importante: “O CLUBE”

Obrigado União Futebol Clube por tudo o que me deste, pelos incitamentos, pelas amizades e por tudo, acima de tudo pelo o amor com que fico a ti e a todos aqueles que fazem parte do teu mundo…
Jamais te abandonarei e me afastarei de ti e da tua vida, desculpa, mas gosto demasiado de ti para ficar longe…”

 

Recorde-se que esta decisão já tinha anunciado a saída em dezembro de 2016 através da AlmeirinenseTV:

.