Empresários de Almeirim condenados a prisão efetiva. Recurso à vista

Os irmãos Batista foram condenados a penas de prisão efetiva por decisão do coletivo de juízes do Tribunal de Santarém esta terça-feira, 13 de março.

O irmão mais velho foi condenado a dez anos e seis meses e o mais novo a nove anos, no caso do tráfico de pessoas para exploração laboral.

Foi também decidio que a Agrowork vai ser dissolvida e vão ter que ser pagos 15 mil euros a Subrat Rimal, uma das vítimas deste caso. As mulheres dos dois empresários foram condenadas a pena suspensa.

Os empresários devem recorrer da decisão.

(em atualização)