Não há soluções, há caminhos: 24 de fevereiro

A sexualidade adulta supera o individualismo. Tantas vezes não passa da busca do prazer e da posse! Mas, de si, ela é criadora de um “nós”.

Inclui a dimensão de dom e de fecundidade, que não se esgota na procriação, é dar vida e dar de si para que o outro seja. A sexualidade é, pois, linguagem, expressão de amor entre pessoas.

O problema de muitas relações sexuais é que são mentira. Dizem com o corpo o que não dizem nem assumem com a vida. O critério moral da sexualidade é a verdade.

Vasco P. Magalhães, sj

.