Almeirim vê zona envolvente da Praça de Touros renascer. Esplanadas, lago e zona verdes vão ser imagem de marca

 

O executivo da Câmara Municipal de Almeirim apresentou o projeto de requalificação do Parque das Tílias e da zona envolvente à praça de toiros, na reunião de Câmara esta terça-feira, 5 de fevereiro.

Pedro Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal de Almeirim, guardou o ponto 6 da ordem de trabalhos para o final da reunião de Câmara, naquilo que considera, do ponto de vista económico, uma “intervenção importante para a manutenção das centenas de postos de trabalho”.

O projeto apresenta uma nova envolvente da zona de restauração e praça de touros totalmente remodelada, sem trânsito e pedonal, mantendo o espaço de estacionamento sendo acrescentada uma zona de esplanadas, zonas verdes, lago e ainda promoção à marca Sopa da Pedra.

Uma zona única de estacionamento e uma zona de espetáculos vão nova forma ao Parque das Tílias. Segundo afirma o executivo, o espaço com esta reorganização ganha cerca de 6000 m2 de espaço útil. Os espaços verdes e dezenas árvores também estão nos planos deste projeto de requalificação.

O trânsito na ruas adjacente ao Parque das Tílias será efetuado em sentido único. O cruzamento da Rua Padre António Vieira com a Rua do Matadouro Municipal verá nascer uma rotunda resolvendo um cruzamento problemático na cidade de Almeirim e a Rua de Coruche será reduzida para seis metros de forma a aumentar os passeios até ao novo espaço do IVV, junto aos charquinhos.

Os restaurantes ganham um espaço de cargas e descargas havendo ainda a possibilidade de ter também um espaço para Take-Away.

A Câmara Municipal de Almeirim paga cerca de 20 mil euros pelo projeto, que foi criado a partir de várias ideias e opiniões de moradores, da confraria gastronómica de Almeirim e dos donos dos restaurantes.

O projeto será executado por fases pois não há possibilidade de uso de fundos comunitários nesta obra. A ideia foi potenciada pelo projeto que a Santa Casa da Misericórdia de Almeirim está a executar na Praça de Touros.

A oposição vê com bons olhos este projeto mas não deixa de exprimir que quer “uma discussão pública do assunto”.

 

Projeto da zona envolvente da Praça de Touros