Vereadora Maria Emília Moreira vai a julgamento no caso dos emails

O Jornal O Almeirinense sabe que o Tribunal da Relação de Évora decidiu que Maria Emília Moreira, vereadora da Educação na Câmara de Almeirim, será julgada pela prática de um crime de injúria  na sequência do email que enviou a André Mesquita em 2015.

Maria Emília Moreira, vereadora da Educação na Câmara de Almeirim, enviou um mail da Câmara e nessa qualidade afrontando André Mesquita, empresário e presidente do União de Almeirim.

Recorde-se que o Tribunal de Instrução Criminal de Santarém havia entendido que a vereadora não cometera qualquer crime posição agora revogada pelo Tribunal da Relação de Évora. Foi na altura entendimento que a vereadora não proferiu expressões difamatórias ou sequer injuriosas, mesmo dizendo que poderia ter existido exagero nas expressões usadas no mail mas sem relevância criminal. André Mesquita recorreu da decisão para o Tribunal de Évora que lhe deu razão seguindo agora o processo para julgamento que decorrerá no Tribunal de Almeirim.

Clique aqui para ler o e-mail enviado pela vereadora.

Maria Emilia Moreira já contactada pelo O Almeirinense disse que soube da decisão pelo nosso jornal e já mais tarde disse que “a decisão instrutória foi-me favorável. O assistente recorreu, um direito seu. A opinião do Ministério Publico de Santarém também me é favoravel. Aguardo, com tranquilidade, a decisão do recurso apresentado”.

Jorge Veiga Dias, advogado do empresário e presidente do U. Almeirim,  não quis fazer comentários à decisão da juiza no Tribunal de Évora tal como o próprio visado no processo.