Trabalhadores dos serviços de limpeza do HDS em luta

Os trabalhadores da empresa Foamy Sparkle, empresa prestadora de serviços de limpeza no Hospital Distrital de Santarém (HDS), cumpriram na quinta-feira, 23 de novembro, uma greve convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Função Pública e Sociais do Sul e Regiões Autónomas.

A greve contou com uma adesão de 70% dos trabalhadores, contando ainda com uma concentração junto ao Hospital de Santarém.

Esta ação de luta surge pelo facto da empresa para que prestam serviço não estar a cumprir com o dever de pagamento pontual da retribuição e entre outras irregularidades, não proceder convenientemente à marcação de férias e cortar ilegalmente no vencimento quando trabalhadores exercem direitos tão básicos, como os dias de ausência por falecimento de familiar.

A USS/CGTP-IN saúda os trabalhadores da Foamy Sparkle pela coragem demonstrada naquela manhã e alerta a administração do HDS para o facto de não poder permitir que existam situações de salários em atraso em empresas ao seu serviço.

Pelo que O Jornal O Almeirinense apurou, a esta greve aderiram também alguns almeirinenses que trabalham no HDS.