Dilovet, os melhores produtos para o seu animal de estimação

A Dilovet é a farmácia veterinária do concelho de Almeirim. Foi um projeto do jovem empreendedor almeirinense, lienciado em Farmácia, Pedro Sousa e Silva.
Tatiana das Neves é quem melhor pode aconselhar, na compra de algum produto/medicamento para o seu animal de estimação. O estabelecimento está situado na rua dos Aliados, em Almeirim.

Há quantos anos existe, e o que é a Dilovet?
A Dilovet abriu em outubro de 2012, portanto já existe há quase 5 anos. A Dilovet é uma farmácia veterinária, ou seja, é uma farmácia onde há um aconselhamento e dispensa de medicamentos, mas para os animais.

Quais os serviços/produtos que aqui podemos encontrar?
Podemos encontrar medicamentos e produtos para todo o tipo de animais, quer de companhia (cães, gatos, pombos, cavalos, pequenos mamíferos…) ou de produção (ovinos, caprinos, bovinos, suínos). Fornecemos clínicas, explorações, associações e público em geral, e fazemos entregas em todo o país.

Qual a sua formação?
Formei-me na Escola Superior Agrária de Viseu, em 2010, em Enfermagem Veterinária.

O que a fez enveredar por esta área?
Logo cedo decidi que queria trabalhar na área animal como Bióloga/Zoóloga, mas acabei como Enfermeira Veterinária. Sempre houve algo nos animais que me fascinou: insetos e outros, inclusive, talvez a sua diversidade, o seu comportamento e o seu contributo para o equilíbrio do planeta. Enfim, isto sem os animais não era a mesma coisa!

Nota que, com a legislação em vigor, as pessoas cuidam mais do seu animal?
Há uma preocupação crescente com os cuidados prestados aos animais de companhia, nomeadamente ao cão e ao gato, sendo estes cada vez mais considerados membros da família.

Os almeirinenses gostam dos seus animais de estimação?
Muitos, tenho a certeza que sim, mas infelizmente ainda há muito abandono e também quem os roube.

Acha que há necessidade de haver um canil/gatil municipal em Almeirim?
Acho que há necessidade de campanhas de esterilização, de protocolos de cooperação, educação nas escolas, sessões de esclarecimento à população e sinalizar locais e animais de rua/risco para se dar o devido apoio. Construir um canil/gatil municipal não irá resolver este flagelo por si só, temos que atuar antes, para o animal não ser abandonado.

Quais os conselhos que costuma dar com regularidade?
Os conselhos mais frequentes são os relativos às desparasitações interna e externa dos animais, algo fundamental para a saúde deles e para a nossa.

É adepta da máxima “não compre, adote”?
Sou adepta do “informe-se e pense, depois compre ou adote”. Quer na compra ou na adoção estamos a assumir um compromisso para os próximos anos, não nos podemos deixar levar por modas, temos que nos informar das características do animal (seja cão, gato, pássaro, réptil…) e dos custos envolvidos.

Mais Info:
Rua dos Aliados, 68
Segunda a sexta das 9 às 13h00 e das 15h00 às 19h00
Sábado: 9h00 e as 13h00
Email: dilovet.vf@gmail.com