Repetitivo – 15 de julho

Tal como a poluição da vala é um tema (infelizmente) recorrente, eu volto neste editorial a falar de política ou algo parecido que se está a passar em Almeirim. Há quem pareça não ter argumentos para a luta política e esteja a tentar, de forma pensada e estratégica, passar para a comunicação social local o ónus de ter pouco reconhecimento na opinião pública.

Não coloquem O Jornal O Almeirinense no jogo político porque não é este o nosso lugar. E mais, não nos acusem de não dar voz até porque, se calhar, é tempo de revelar que, quinzenalmente, quem anda a pregar desigualdade tem uma coluna de opinião para escrever o que bem entende e nunca foi silenciada, adulterada e censurada qualquer crónica. Há um equívoco grande da parte de quem critica e repete a crítica, por isso eu não tenho dúvidas em afirmar que estão a usar esta estratégia à falta de outros quaisquer argumentos políticos.

Isto é fazer o fácil, é ser demagógico e injusto. Sem desprimor para a rádio RCA Ribatejo, que está a fazer um esforço grande para se aproximar dos almeirinenses, o nosso Jornal é que tem sido “A VOZ” dos almeirinenses. O único!

Tal como fomos os únicos a estar na apresentação dos candidatos no dia 8, tal como fomos os únicos a estar na distribuição do prospeto num destes sábados… E mesmo assim continuamos a ser sacos de pancada.

 

Valter Madureira