No Lar de São José não há idade para aprender!

“Aprender em todas as idades” é um projecto de alfabetização que está a envolver cerca de 40 idosos da Misericórdia de Almeirim. O projeto está a ser dinamizado no Lar de São José em colaboração com Marta Martins, uma jovem aluna da Escola Secundária Marquesa da Alorna e com a professora Maria do Carmo Godinho, duas voluntárias que acrescentam qualidade de vida aos utentes do Lar.

A D. Albina é uma dessas mulheres idosas do interior do país que, quando chegou ao Lar não conhecia uma letra. Queria aprender a escrever o nome, hoje já conhece as letras, aprendeu a juntá-las e até faz cópias. Mas o mundo das letras e das histórias escritas foi mais além.

Dos idosos propostos no projeto há um grupo de doze que sabe ler e escrever e que todas as semanas escreve sobre um tema colocado como se de um desafio se tratasse. Por exemplo, o Casal Nunes são verdadeiros “companheiros de carteira” sempre interessados em saber o que cada um escreve. Num segundo grupo, onde participam sete idosos, a escrita é feita com ajuda das voluntárias mas também de outros residentes que gostam de se sentir úteis e de ajudar. Existe um terceiro grupo onde se desenvolvem esforços para que escrevam o nome e leiam; são cerca de 10 idosos, pessoas com demência. Por último, há um grupo dos idosos que já não conseguem ler nem escrever mas que gostam de ouvir ler. São os mais dependentes.

Nos anos 70, 25% dos portugueses não sabiam ler. Hoje são menos de 5%, mas Portugal continua no topo da tabela dos países europeus com maior taxa de analfabetismo. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (Censos 2011), há cerca de meio milhão de analfabetos em Portugal. A maioria é idosa e vive em zonas do interior. A maior parte são mulheres com mais de 70 anos e em Almeirim são quase 2 mil, os residentes que não sabem ler nem escrever.