Restauração já cresceu 12,85% em 2016

O turismo foi responsável pela criação de 45 mil novos empregos entre janeiro e setembro deste ano, com a restauração a representar mais de metade dos novos postos de trabalho, gerando 28 mil empregos, reflexo já, em grande parte, da descida do IVA.

De acordo com os últimos dados, até ao final do terceiro trimestre, o número de trabalhadores do Turismo registados na Segurança Social subiu de pouco mais de 302 mil para 348 mil, representando já 8,2% da população ativa. A economia almeirinense tem na restauração um dos seus grandes motores que este ano já cresceu a nível nacional +12,85% e foi responsável por uma fatia de 69% do total dos empregos criados até ao final de setembro.

A secretária de Estado do Turismo justifica o aumento do emprego na restauração com a descida do IVA de 23% para 13%. “Registou-se a criação de 28 mil empregos, o que mostra bem a confiança dos empresários.”

A descida do IVA da restauração foi formalizada em Almeirim no dia 1 de julho pelo Primeiro-Ministro, António Costa.

A aposta no turismo tem sido uma das bandeiras deste governo: o setor representou já 6,4% do produto interno bruto (PIB) em 2015, gerando receitas de 11,4 mil milhões de euros. Para 2016, a previsão é de 12,4 mil milhões de receitas geradas e a expectativa é de que, até 2026, o setor represente 7,3% do PIB, segundo dados do Conselho Mundial de Viagens de Turismo. O turismo é ainda responsável por 15,3% das exportações portuguesas.

.