A história dos três magníficos do Prémio Dr. António Cláudio

Diogo Roque, Andreia Varela e Jaime Oliveira foram os melhores alunos do 12.º ano no concelho de Almeirim no ano letivo 2014/2015. Os alunos receberam o prémio Dr. António Cláudio na Casa da Cultura das Fazendas de Almeirim, no passado dia 25.

Diogo, um repetente nas cerimónias de entrega de prémios aos melhores alunos, confidenciou em reportagem a O Almeirinense que este prémio “é uma recompensa pelo árduo trabalho do ano passado. Sinto um grande contentamento, mas também um grande alivio de saber que sou um dos melhores”.
O agora estudante de Química Medicinal na Universidade de Coimbra terminou o 12.º ano com 18 valores e candidatou-se à universidade com 17,4. A mãe de Diogo revela, orgulhosamente, que o filho sempre foi “um bom aluno” e sem ter necessidade de o mandar estudar: ”Nunca foi preciso manda-lo estudar. Ele sempre foi por iniciativa própria. O Diogo é que se organizava. Para além de organizar o trabalho ele ainda conseguiu concluir o 12.º ano e fazer o conservatório em Santarém até ao oitavo grau e com média de 20”.

Andreia Varela, agora estudante de Psicologia também na Universidade de Coimbra, é mais tímida e mostra-se mesmo surpreendida: “não escondo que estou um pouco surpreendida com o prémio. O último ano do secundário correu-me bem, mas não escondo que estudar muito e ter atenção nas aulas foram a chave do sucesso para este resultado”.
Andreia não esconde que sempre foi “uma boa aluna” que foi “progredindo desde pequenina”. Já no «novo mundo estudantil», Andreia está maravilhada: ”Estou a adorar Coimbra. Estou a adorar”, diz por entre sorrisos envergonhados. A mãe de Andreia estava “muito orgulhosa”, pois a “minha filha sempre foi muito trabalhadora e algumas vezes até estudava demais e estava sempre fechada no quarto, nem tempo tinha para estar com as amigas”.

A fechar o top três dos melhores alunos dos Agrupamentos de Almeirim e Fazendas de Almeirim está Jaime Oliveira. O jovem entrou na primeira opção em Coimbra. Está a estudar Ciências Farmacêuticas depois de ter entrado com média de 16,3 na primeira opção. “O segredo foi estudar todos os dias um bocado, ser perspicaz e não desistir à primeira”, sublinha Jaime Oliveira.

Para a vereadora da educação, Maria Emília Moreira, estes prémios “servem para motivar os alunos a trabalharem mais para serem bons estudantes”.

Os prémios para os melhores alunos têm o nome de uma das maiores referências da cultura no concelho: António Cláudio. Debilitado, António Cláudio esteve representado pelo filho Mário, que destacou os valores que o pai sempre regeu a vida e inspiram o prémio: “Logo em 1994 quando começou o prémio, o meu pai ficou agradado com a ligação do prémio ao seu nome. O prémio não passa só pelos resultados escolares, passa também por valores como a cidadania e a partilha. E ele foi uma pessoa, mesmo com o curso tirado já tarde e sempre se envolveu em muitos projetos e causas”.

A casa encheu-se com alunos, amigos e familiares numa noite em que também houve teatro com os alunos do CRIAL. Para além das bolsas/prémios aos melhores alunos, os Bombeiros Voluntários de Almeirim receberam ainda 500 euros, após escolha dos premiados. Diogo Roque, Andreia Varela e Jaime Oliveira foram os melhores alunos do 12.º ano no concelho de Almeirim no ano letivo 2014/2015. Os alunos receberam o prémio Dr. António Cláudio na Casa da Cultura das Fazendas de Almeirim, no passado dia 25.

.