Sapataria STAR cumpre o primeiro aniversário

Teresa Roque, uma jovem empresária almeirinense decidiu há um ano, perante uma situação de desemprego, abrir um negócio ao qual durante a sua vida profissional, esteve sempre ligada e abriu a Star, uma sapataria que fica na travessa da Olaria, em frente à Câmara de Almeirim. No dia um de setembro faz um ano que abriu portas e o nosso jornal esteve à conversa com a Teresa para fazer a retrospetiva.

Qual o balanço que faz deste primeiro ano de atividade?
O balanço deste primeiro ano foi bastante positivo e os clientes foram bastante atentos às novidades e bastante recetivos às marcas que quis introduzir neste espaço. A TAPADAS é uma marca que fala por si, e grande parte das minhas clientes está fidelizada ao meu estabelecimento pela marca e pelo atendimento que faço questão de personalizar. Aproveito para referir que todos os sapatos comercializados na minha loja são de origem e fabrico nacional. Também tenho a marca DSMILE que já começa a ter as suas adeptas. Opto por escolher sapatos de qualidade, confortáveis e com alguma variedade de modo a adaptarem-se ao estilo e gosto de todas as minhas clientes. Tenho também os sapatos para homem e criança, que vou tentando perceber junto dos clientes as suas preferências, mas penso que para primeiro ano está no bom caminho e espero que assim continue. O feedback tem sido extremamente positivo e eu adoro aquilo que faço.

Hoje em dia as pessoas mudam de sapatos com alguma frequência, visto haver tanta escolha?
Em relação a essa questão, penso que não. Não tanto quanto seria desejável, mas atendendo à situação que se vive sócio económica não é nada que não se espere. As pessoas aguentam os sapatos mais que uma época, consertam até não dar mais e assim, vão evitando mais gastos. Nas crianças isso já se torna mais difícil porque é impossível dizer a uma criança que não pode estragar sapatos… (risos).

Qual a sua opinião em relação ao comércio tradicional hoje em dia?
Na minha opinião o comércio tradicional está a evoluir positivamente, está no bom caminho! Existe um grande leque de oferta, permitindo ao cliente uma grande variedade de escolha e já se veem grandes campanhas de promoção, já não é preciso as pessoas deslocarem-se a grandes grupos para efetuar as suas compras! Além disso os comerciantes já se envolvem em dinâmicas com os clientes que permitem uma maior proximidade. Também considero que o comércio ao ar livre é diferente.

A considera que a sapataria STAR se distingue das outras? Porquê?
Claro que acho! Porque além de ser o meu estabelecimento, acho que a Star se distingue das outras sapatarias pela excelente relação qualidade / preço. Os sapatos são todos em pele e tenho em atenção os gostos dos meus clientes e as tendências que se verificam no momento da compra da coleção.

A maioria dos seus clientes são de que género e faixa etária?
Os meus clientes tanto são homens, como mulheres mas o publico feminino está mais presente até porque vem comprar os sapatos para o (a) filho(a). As faixas etárias são desde criança ao sapato mais confortável, para quem já não aguenta os saltos! (risos)

Horário:
10h às 13h e das 15h às 19h
Travessa da Olaria

.