Autor almeirinense lança livro

O almeirinense Miguel Manso estreou-se na colecção de poesia da Tinta-da-China com o novo “Persianas”.

“Desde a jangada (a mais comum), ao barco de recreio. Desta vez, quis o embarque num navio de cruzeiro, repleto de tudo o que já reuni: os recursos, os temas, as formas longas e as breves, as figuras. Quando tombar desta vez, vai ser um espectáculo desolador ver a tralha toda a boiar”, diz Miguel Manso ao Público.

O poeta, que nasceu em Almeirim, viveu em Lisboa quase dez anos, mas reside, actualmente, na aldeia de Vale do Pereiro, freguesia de Várzea do Cavaleiros, no concelho da Sertã (Castelo Branco).

.