Feel Fm chega ao fim

No próximo Sábado, 17 de janeiro a Feel FM comemora o seu primeiro aniversário, atingindo a marca de 30 mil ouvintes e mais de 550 mil ouvintes, mais de 23 vezes a população do concelho de Almeirim e ouvidos durante mais de 15 mil horas.

Foram publicadas mais de 2000 noticias, uma média superior a cinco por dia, para além de que foram para o AR 500 programas, levados a cabo por uma equipa superior a 20 colaboradores.

“Estes são números que muito nos orgulham para um projecto relativamente recente e que nos foram obrigando ao longo do ano a melhorar as nossas infra-estruturas de forma a dar resposta a uma procura superior à esperada”, diz o dinamizador do projecto.

Miguel Dias detalha ainda que “a Feel FM merece subir de nível e precisa de subir esse degrau para dar continuidade aos bons resultados deste primeiro ano. Esse é o factor que nós não conseguimos assegurar. Aquela que é uma das nossas maiores vantagens, o facto de sermos jovens e a grande maioria estudantes na área, leva-nos a que não consigamos garantir o mesmo nível de empenho e comprometimento que tivemos ao longo deste último ano. Por esse motivo está tomada a decisão de encerrar o projecto no dia do seu 1º aniversário”.

O jovem estudante de jornalismo conclui que “não foi uma decisão fácil de tomar, nem tomada de ânimo leve, mas o carinho que temos por este projecto leva-nos a que não queiramos vê-lo decair. Possivelmente seria possivel manter a Feel FM no ar noutro formato, noutro contexto, mas esta foi a Feel FM que criámos e alterar-lhe o ADN não nos pareceu solução. A par disso, grande parte de nós estamos a entrar numa fase das nossas vidas em que temos definitivamente de apostar na nossa carreira profissional, o que nos limita o tempo e o empenho que colocamos neste projecto. Perdoem-nos o egoísmo. Não nos refugiamos atrás do optimismo pleno. Existiram coisas que correram mal, outras que podiam ter corrido melhor e o balanço foi feito entre todas as partes, mas nesta caminhada preferimos guardar o que de bom foi feito, o que cada um evoluiu”.

.