Estudantes de Alpiarça em protesto contra cortes na Educação

A escola José Relvas assistiu esta manhã a um protesto dos alunos contra os cortes na Educação e o atraso na colocação dos professores, inserido no dia nacional de luta dos estudantes do ensino básico e secundário.

Os motivos deste protesto prendem-se com o agravamento das condições dos alunos, afirmam que na escola “chove lá dentro, tem preços muito elevados na cantina e pouca qualidade. para além disto, os cursos profissionais são os mais afetados, o atraso na colocação dos professores vai obrigar-nos a ter aulas fora do período letivo”

Rejeitam o corte de 700 milhões na educação, ficando à porta da escola para a defender e exigir que se cumpram os seus direitos. Um protesto dirigido ao Governo e ao Ministério da Educação.

.