Vinhos de Almeirim querem duplicar vendas na russia

Os ‘Vinhos do Tejo’ querem duplicar as vendas no mercado russo nos próximos três anos, depois de terem crescido 7% neste mercado em 2013.

“O plano de promoção e de investimento que traçamos para 2014, e que inclui a Rússia como um dos mercados estratégicos da região, tem como objetivo fazer com que a região continue a crescer da forma que tem feito desde 2008”, afirma José Pinto Gaspar, presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo).

Com um investimento total em promoção para mercado externos, em 2014, de €700 mil euros, a Rússia continua a ser uma aposta da região do Tejo.

A exportar para o mercado russo desde 2010, são 10 os produtores da região vitivinícola do Tejo que, atualmente, operam neste mercado.

Como meta para este mercado, a CVR tem a duplicação do volume de exportação no prazo de três anos.

Com o objetivo de cumprirem os objetivos estabelecidos, os ‘Vinhos do Tejo’ rumam à Rússia para a ‘Grande Prova Anual’, que ocorre amanhã, dia 15 de abril, e inclui uma Master Class e um jantar vínico.

Serão provados cerca de 100 vinhos, pertencentes a 7 produtores da região do Tejo, que serão apresentados ao público russo, que inclui importadores, retalhistas, jornalistas, líderes de opinião e wine lovers.

Os produtores da região dos ‘Vinhos do Tejo’ que estarão presentes, em Moscovo, são a Adega Cooperativa do Cartaxo, a Casa Cadaval, o Casal Branco, o Casal do Conde, a Falua, a Quinta da Alorna e a Quinta da Ribeirinha.

.