Jorge Matias falha penalty de calcanhar e insulta adeptos. Agora o pedido de desculpas

O U. Almeirim precisava apenas de um empate para seguir em frente na Taça do Ribatejo e conseguiu esse objetivo, este domingo, no jogo com o Samora Correia.
Aos 90 minutos as duas equipas estavam empatadas a dois golos.
Os regulamentos da Taça indicam que no final do jogo há sempre lugar para a marcação de grandes penalidades, pois como esta fase da competição, é em grupos pode ser necessário desempatar com recurso aos penalties.
Na marcação das grandes penalidades, Jorge Matias surpreendeu tudo e todos ao tentar converter o castigo máximo de calcanhar.
Veja as imagens e fique a saber se o jogador do U. Almeirim teve ou não sucesso.

Nas grandes penalidades o U. Almeirim ganhou por 4-3.

Entretanto, Jorge Matias pede “desculpa aos adeptos e simpatizantes do União de Almeirim pela forma como marquei o penalty no jogo frente ao Samora Correia. Nunca foi minha intenção faltar ao respeito aos meus colegas, treinador e direcção e muito menos aos adeptos do clube”.

Jorge Matias pede ainda desculpa aos adeptos por ter tido dirigido algumas palavras e gestos: “Aproveito ainda para pedir desculpa pela forma como respondi aos adeptos após a marcação da grande penalidade. No calor do momento não reagi da melhor forma e reconheço o meu erro. A eles, aos que diariamente apoiam o clube, as minhas desculpas. Todos sabem a minha devoção ao União de Almeirim e o respeito que tenho ao clube. Nunca faria o que fiz sabendo que colocaria em risco a continuidade do União na Taça do Ribatejo. Mais uma vez as minhas desculpa”.

.